sexta-feira, novembro 09, 2012

Aprendendo AMAR, Aprendendo a PERDOAR

" Então Pedro, aproximando-se dele, disse: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? Até sete?
Jesus lhe disse: Não te digo que até sete; mas, até setenta vezes sete. "
Mateus 18:21-22



Quando perdoa, você se liberta. Com o perdão, as algemas que te prendiam ao passado se rompem e você passa a respirar aliviado e a caminhar livremente" 

Carlos Hilsdorf 





    Nós seres humanos, possuímos uma grande dificuldade para perdoar. Porque perdoar alguém que tanto nos fez mal? Alguém que tanto desejou nosso fim?Alguém que não se preocupou em nos ferir? 
    A dor causada por outra pessoa, atinge as pessoas no mundo inteiro. E a magoa que é gerada em nós, coroe o nosso interior e como um câncer que  vai se espalhando, assim vai tirando as nossas energias, nossa vida.
   A Palavra de Jesus nos confronta com uma decisão difícil,  uma verdade da qual não aceitamos, a que devemos perdoar o próximo. Jesus é o Deus Onipotente, Onipresente e Onisciente, pode ver além que os nossos olhos, e entendimento. Quando fazemos de nossa alma a casa da raiva e amargura, nos prendemos a essa dor, ela nos paralisa e a pessoa que nos feriu também. Quantas pessoas já desistiram de seus projetos, e principalmente de sua vida, pela magoa de alguém? A falta de perdão nos prende a uma corrente ligada a pessoa que nos causou a dor, e ficamos presos um ao outro, até liberarmos essa pessoa.


Porque bem conhecemos aquele que disse: Minha é a vingança, eu darei a recompensa, diz o Senhor. E outra vez: O Senhor julgará o seu povo.
Hebreus 10:30

   Desejamos a vingança contra aquela pessoa, e muitos mergulharam e estão mergulhando em enfermidades devido a falta de perdão e sede de justiça. Algumas doenças: 


  • Amigdalite : Emoções reprimidas, criatividade sufocada.
  • Anorexia: Ódio ao extremo de si mesmo.
  • Apendicite: Medo da vida. Bloqueio do fluxo do que é bom.
  • Arteriosclerose: Resistência. Recusa em ver o bem.
  • Asma: Sentimento contido, choro reprimido.
  • Bronquite: Ambiente familiar “inflamado”, Gritos e discussões.
  • Câncer: Mágoa profunda, tristezas mantidas por muito tempo.
  • Colesterol: medo de aceitar alegria.
  • Derrame: Resistência. Rejeição a vida.
  • Diabetes: Tristeza profunda ( vida sem docura).
  • Diarréia: Medo, rejeição, fuga (eliminar de dentro o que está ruim).
  • Dor de cabeça: Autocrítica, falta de auto valorização.
  • Enxaqueca: Medos sexuais. Raiva reprimida. Pessoa perfeccionista.
  • Fibromas: Alimentar mágoas causadas pelo parceiro.
  • Frigidez: Medo. Negação do prazer.
  • Gastrite: Incerteza profunda. Sensação de condenação, idéias mal digeridas.
  • Hemorróidas: Medo de prazos determinados. Raiva reprimida. Pessoa perfeccionista.
  • Hepatite: Raiva, ódio. Resistência a mudanças.
  • Insônia: Medo, culpa.
  • Labirintite: Medo de não estar no controle.
  • Meningite: Tumulto interior. Falta de apoio.
  • Nódulo: Ressentimento, frustração. Ego ferido.
  • Pele (acne): Individualidade ameaçada. Não aceitar a si mesmo.
  • Pneumonia: Desespero. Cansaço da vida.
  • Pressão Alta: Problema emocionalmente duradouro e não resolvido.
  • Prisão de Ventre: Preso ao passado. Medo de não ter dinheiro suficiente.
  • Pulmões: Medo de absorver a vida.
  • Quistos: Alimentar mágoa. Falsa evolução.
  • Resfriados: Confusão mental, desordem, mágoas.
  • Reumatismo: Sentir-se vítima. Falta de amor. Amargura.
  • Rinite Alérgica: Congestão emocional. Culpa. Crença em perseguição.
  • Rins: Crítica, desapontamento, fracasso.
  • Ronco: Teimosia, apego ao passado.
  • Sinusite: Irritação com pessoas próximas.
  • Tireoide: Humilhação.
  • Úlceras: Medo. Crença de não ser bom o bastante.
  • Varizes: Desencorajamento. Sentir-se sobrecarregado. 

 Louise Hay

   Deus disse que a vingança é Dele, ele compensará a cada um segundo as suas obras. Se é Ele quem faz justiça, quem somos nós para requerer isso? Quando você perdoa alguém, esta liberando ela da sua vida e entregando para Deus, esta arrebentando a corrente que lhe prende a ela, e se libertando da amargura, e adquirindo forças para prosseguir, limpo sem dor e livre.
   Jesus nos surpreendeu, quando no calvário clamou a Deus ter misericórdia, daqueles que o  crucificaram e zombaram Dele, nos surpreende todos os dias, quando vê nossa multidão de pecados e nos perdoa através de teu sangue.

Sabe porque amados Jesus perdoou?


Porque Ele amava os seres humanos, mesmo quando estes o rejeitaram, e continua os amando até hoje, mesmo pela multidão de nossos pecados.


Jesus sabia o que era amar, e ensinou isso a nós.


    Apesar do que lhe causaram, é hora de perdoar. Liberar esta pessoa da sua vida e seguir em frente, entregando ela a Deus, que é o único e verdadeiro juiz.
    Ame-a apesar de tudo. Jesus afinal de contas nos perdoou e nos deu nova vida,  e nos amou mesmo quando eramos pecadores. Ao aprender a perdoar, aprendemos também amar alguém, e vemos o quanto este ato nos deixa livres, nos causa bem estar, e passamos a olhar com os olhos de Cristo.

Graça é o favor imerecido de Deus por nós, se Ele sendo Deus, nos concede esta graça, porque nós servos Dele, não podemos aprender do Mestre?

Deixo esta parábola de Jesus para sua meditação.

"Por isso o reino dos céus pode comparar-se a um certo rei que quis fazer contas com os seus servos;

E, começando a fazer contas, foi-lhe apresentado um que lhe devia dez mil talentos;
E, não tendo ele com que pagar, o seu senhor mandou que ele, e sua mulher e seus filhos fossem vendidos, com tudo quanto tinha, para que a dívida se lhe pagasse.
Então aquele servo, prostrando-se, o reverenciava, dizendo: Senhor, sê generoso para comigo, e tudo te pagarei.
Então o senhor daquele servo, movido de íntima compaixão, soltou-o e perdoou-lhe a dívida.
Saindo, porém, aquele servo, encontrou um dos seus conservos, que lhe devia cem dinheiros, e, lançando mão dele, sufocava-o, dizendo: Paga-me o que me deves.
Então o seu companheiro, prostrando-se a seus pés, rogava-lhe, dizendo: Sê generoso para comigo, e tudo te pagarei.
Ele, porém, não quis, antes foi encerrá-lo na prisão, até que pagasse a dívida.
Vendo, pois, os seus conservos o que acontecia, contristaram-se muito, e foram declarar ao seu senhor tudo o que se passara.
Então o seu senhor, chamando-o à sua presença, disse-lhe: Servo malvado, perdoei-te toda aquela dívida, porque me suplicaste.
Não devias tu, igualmente, ter compaixão do teu companheiro, como eu também tive misericórdia de ti?
E, indignado, o seu senhor o entregou aos atormentadores, até que pagasse tudo o que devia.
Assim vos fará, também, meu Pai celestial, se do coração não perdoardes, cada um a seu irmão, as suas ofensas. 

Mateus 18:23-35










6 comentários:

Heverton Oliveira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Heverton Oliveira disse...

Concordo que Devemos perdoar irmã. Entretanto não acredito que muitas dessas doenças não sejam causadas por algo espiritual ou sentimental. Vejamos por exemplo:

Hepatite: Raiva, ódio. Resistência a mudanças.

Na verdade Hepatite é...
Hepatite A é uma doença infecciosa aguda causada pelo vírus VHA que é transmitido por via oral-fecal, de uma pessoa infectada para outra saudável, ou através de alimentos (especialmente os frutos do mar, recheios cremosos de doces e alguns vegetais) ou da água contaminada.
Fonte: http://drauziovarella.com.br/doencas-e-sintomas/hepatite-a/

Resfriados: Confusão mental, desordem, mágoas.

Creio que o causador de resfriados seja: Resfriado é uma infecção viral que acomete as vias respiratórias superiores. Existem mais de 200 tipos de vírus causadores de resfriado. Os mais comuns pertencem à família do rinovírus, que são altamente contagiosos.

Os vírus do resfriado penetram no corpo pela boca, pelos olhos e pelo nariz. O contágio pode acontecer pelo ar ou pelo contato físico. Crianças e pessoas com imunidade mais debilitada são mais vulneráveis à infecção pelos vírus do resfriado.

Louise Hay Viajou na batatinha gospel irmã.
Temos sim que aprender a perdoar, Mas boa parte de doenças que podemos adquirir não tem ligação com o mundo espiritual! (salvo algumas exceções) Perdoe-me pela critica, concordo com muitas coisas que vc disse, mas em relação ao que as doenças que você diz ser causadas por aquelas coisas, isso não concordo.

A Paz!

Viviane Missionária disse...

A paz irmão!!!

Respeito sua opinião e agradeço pela critica.

"Os fortes abalos emocionais podem fazer com que a imunidade do corpo abaixe e, assim, doenças se instalem com facilidade."

AS doenças podem não ser causadas exatamente pelo diz o texto.

Mas você deve concordar comigo que as doenças entraram no mundo devido ao pecado, sendo que Jesus as levou porque foi nossa propiciação pelo pecado, assim de qualquer forma envolvendo o mundo espiritual.

A 3 tipos de enfermidades, a que vem pelo pecado da pessoa "E eis que uns homens transportaram numa cama um homem que estava paralítico, e procuravam fazê-lo entrar e pô-lo diante dele.
E, não achando por onde o pudessem levar, por causa da multidão, subiram ao telhado, e por entre as telhas o baixaram com a cama, até ao meio, diante de Jesus.
E, vendo ele a fé deles, disse-lhe: Homem, os teus pecados te são perdoados.
E os escribas e os fariseus começaram a arrazoar, dizendo: Quem é este que diz blasfêmias? Quem pode perdoar pecados, senão só Deus?
Jesus, porém, conhecendo os seus pensamentos, respondeu, e disse-lhes: Que arrazoais em vossos corações?
Qual é mais fácil? dizer: Os teus pecados te são perdoados; ou dizer: Levanta-te, e anda?
Ora, para que saibais que o Filho do homem tem sobre a terra poder de perdoar pecados (disse ao paralítico), a ti te digo: Levanta-te, toma a tua cama, e vai para tua casa. "
Lucas 5:18-24. A a que vem por um motivo espiritual, " E eis que estava ali uma mulher que tinha um espírito de enfermidade, havia já dezoito anos; e andava curvada, e não podia de modo algum endireitar-se.
Lucas 13:11. A outra, para que haja a manifestação da glória de Deus."Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus."
João 9:3

Você já parou para pensar que as vezes em um ambiente onde o resfriado começa a se espalhar, não são todos que resfriam? Porque alguns são mais fortes do que os outros? Porque estão mais imunes? Será que realmente não tem alguma coisa a ver?

Não estou afirmando, apenas abrindo um parentese para pensar.

Viviane Missionária disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Heverton Oliveira disse...

Irmã, em relação as suas perguntas:
Você já parou para pensar que as vezes em um ambiente onde o resfriado começa a se espalhar, não são todos que resfriam? Porque alguns são mais fortes do que os outros? Porque estão mais imunes? Será que realmente não tem alguma coisa a ver?

Você mesma respondeu a ela, uns são mais imunes do que outros, de fato, uns são mais fortes do que outros. Isso depende do fator genético de cada um.


Tratando-se do nosso meio: Existem enfermidades que vêem sobre a vida de um cristão, mesmo este andando em conduta irrepreensível.(ou sem Medos sexuais, Raiva reprimida. Pessoa perfeccionista)

Veja... o Apóstolo Paulo, recomendou a seu filho na fé, Timóteo, que bebesse não apenas água, mas também um pouco de vinho, para o seu estômago e as frequentes enfermidades que Timóteo sofria. (1Tm 5.23)

Timóteo, embora jovem, tinha uma grande responsabilidade que era pastorear uma igreja complicada na época, que éra Éfeso. Será que Timóteo tinha sentimentos como: Crença de não ser bom o bastante ou medo, como citado Louise Hay para ter certas enfermidades? Creio que não, pois este, éra um homem de Deus, acima de todas as suas limitações.

As escrituras afirmam:
Todos (crentes ou não) estamos sujeitos a doenças...

“Porque ele faz com que o sol brilhe sobre os bons e sobre os maus e dá chuvas tanto para os que fazem o bem como para os que fazem o mal.
Mateus 5:45“

Por outro lado,suponhamos que Louise Hay esteja certa, e que as doenças por ela classificadas como de cunho emocional e espiritual, sejam de fato verdadeiras, sendo assim todos os velhinhos possuem algum problema com o passado, como mágoas e problemas emocionalmente duradouros?

Quando estivermos com idade avançada provavelmente passaremos por alguma das doenças escritas por Louise Hay, mas será que realmente é algo emocional/espiritual ou é apenas o processo natural da vida, se nos cuidarmos quando jovens teremos menos chances de adquirir doenças na velhice.

Não é que eu não seja uma pessoa que acredita nas coisas espirituais, visto que é comprovado cientificamente que mágoa pode causar câncer, mas não há respaldo bíblico para as declarações de Louise Hay, inclusive, ela é apenas uma psicóloga, nascida em 8 de Outubro de 1926 é uma autora motivacional e fundadora da Casa Hay, uma casa de publicações literárias. Louise lançou vários livros de ''auto-ajuda,'' sendo considerada uma das fundadoras deste tipo de literatura. Seu livro mais conhecido é Você pode curar sua vida, de 1984, segundo wikipedia não há referencias de que tenha uma história de estudo da palavra de Deus. O que não tira a qualidade de suas publicações.

Porém na maioria de seus livros ela apenas aborda temas de auto ajuda.
Não pode ser levada como referencia de textos cristãos.

Seu texto foi excelente mas a citação de Louise Hay não tem respaldo nas escrituras.

Que Deus abençoe!
Fique na Paz...
Gosto muito de seu blog, passo aqui sempre que tenho disponibilidade.
Qualquer de uma passadinha em meu blog.
Seus cometários serão muito importantes!

http://oblogdoheverton.blogspot.com.br/



Pr. Raquel Davis disse...

Gostei Vivi. Faz sentido muito do que vc postou... já que somos um espírito, temos uma alma e habitamos em um corpo. Essas 3 partes estão interligadas. Ficar com raiva e magoado, ou estressado por exemplo, coloca um peso enorme em nosso sistema imunológico, o que realmente nos torna mais propensos a doenças e viruses. Continue escrevendo amada! Sua irmã e serva,