domingo, julho 09, 2017

DEUS VEIO ATÉ NÓS







E disseram: Eia, edifiquemos nós uma cidade e uma torre cujo cume toque nos céus, e façamo-nos um nome, para que não sejamos espalhados sobre a face de toda a terra.

   A Bíblia nos fala que os homens resolveram construir uma torre que chegava até os céus, e começaram a fazer isso. Até que certo dia, Deus resolveu visitar a terra e observou o que eles estavam construindo, porém Deus não se agradou daquela obra, aquilo sucedeu a ira de Deus. E Deus para impedir o que eles estavam fazendo, distribuiu várias línguas entre eles, e aquela situação acabou em confusão, porque não conseguiam conversar mais entre eles e acabaram se dispersando.
   Qualquer coisa que possamos fazer não pode nos levar até Deus, ainda que utilizemos todo o nosso conhecimento, nossa sabedoria, nosso dinheiro, nossa reputação, tudo isso será inútil para nos achegar a Deus, e todo esforço que fizermos acabara em confusão, porque não podemos nos achegar até Ele.
   Deus conhecendo essa impossibilidade de nos achegar até Ele, e que todo o esforço do homem seria inútil, mas desejando essa proximidade com o ser humano, Ele veio até nós, Aleluia!


Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.


  Deus veio até nós!!!! Quão linda é essa verdade, Deus nos ama tanto que veio até a humanidade para recuperá-la de novo.


E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade.


   O ser humano havia pecado, e este pecado faz separação entre nós e Deus, porém não tínhamos condição de pagar o preço da redenção. Mas Jesus veio em forma de homem , viveu entre nós, cumpriu toda a lei, e morreu como sacrifício por nossos pecados, riscando toda cédula contra nós, pagando toda a divida, divida que não tínhamos condição de pagar, Ele pagou por nós. Mesmo sendo indignos, não merecedores, Ele pagou, e todo aquele que pela fé chega a Jesus tem sua divida, seus pecados perdoados por Ele, e o acesso ao Pai, é de novo permitido, temos a vida eterna com Ele.


Isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação


  Ele nos reconciliou, e quando estamos em Cristo, não há mais acusação contra nós, não importa qual foi o teu pecado, ele é depositado na conta de Cristo, você foi perdoado e pode gozar desta paz eterna.
   Jacó havia saído de casa, enganado seu pai, fugindo de seu irmão, estava sozinho indo para a casa de seu tio, quando estava anoitecendo e ele cansado, resolve pegar uma pedra e se deitar para dormir. Quando em sonho, Jesus vem até Ele, Ele viu uma escada, e anjos subiam e desciam sobre ela. Quando Ele acorda, Ele entende que Deus veio ao seu encontro, para mudar a sua história. Talvez você seja como Jacó, carrega sobre os seus ombros o peso do pecado, e não seja digno de tão grande amor, mas hoje Deus veio a você através de Seu Filho Jesus, e se depositar sua fé Nele, Ele te perdoa e te da uma nova história com Ele.
   Esse mesmo Deus que veio nos resgatar, é o mesmo que ainda continua intercedendo por nós.

Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles.Hebreus 7:25

    Cristo veio para nos reconciliar de novo com o Pai, hoje você pode ter a vida eterna se você crê, mas se não crê você já esta condenado, Deus deseja que você experimente da vida eterna, não é desejo Dele que ninguém pereça, é por isso que Ele enviou seu Filho ao mundo, para pagar o preço que não poderíamos pagar, porque por mais que nos esforçacemos seria inútil e terminaria em confusão como na torre de Babel.  E isso é a graça de Deus sobre a humanidade, o favor imerecido, mas que por amor, Ele fez por nós.

domingo, julho 02, 2017

Missio Dei


   O início da ação missionária de anunciar a mensagem e salvar o pecador pela fé parte do coração do próprio Deus, o qual ordenou profetizar acerca do Messias e no tempo escolhido enviou o seu Filho Jesus (Isaías 53). Este, por sua
vez, rogou ao Pai que enviasse o seu Espírito, e é o Espírito Santo que hoje chama,regenera, santifica e capacita a igreja para enviá-la ao mundo com uma missão.
   A missão na qual Isaías esteve envolvido é a mesma missão na qual hoje estamos envolvidos. É Missio Dei. Logo, pelo menos cinco implicações surgem de imediato:

  • Ela não pode ser abortada – Trata-se do plano divino traçado na eternidade e trazido à execução no tempo pleno e perfeito de Deus.
  • É Deus quem chama e capacita – Todo plano de salvação do ser humano pecador surgiu do coração de Deus. Tendo Ele enviado seu Filho ao mundo, através de sua obra, escolheu homens e mulheres que a Ele veem através da chamada do Espírito Santo, e são então justificados, regenerados, convertidos e santificados para receberem parte na missão e gozarem eternamente do Seu Reino (Isaías 6.1-6).
  • A soberania divina é que determina os resultados – Ao contrário do que muitos pensam, o resultado das missões não pode ser medido apenas por números ou estratégias missionárias, ou ainda atribuído apenas ao esforço e trabalho dos missionários. Se a missão é Missio Dei é o cristãoquem planta a divina semente, mas quem a faz germinar e crescer é Deus. Existe a responsabilidade humana de todo cristão ir e pregar, e a do não cristão que ouve de crer. Mas é sempre Deus que fará a semente do evangelho nascer, crescer e produzir frutos.
  • Implica em devoção e sacrifício – Isto nos leva ao paradoxo que existe
    entre a soberania divina e a responsabilidade humana. Ações particulares da missão de Deus foram por Ele confiadas aos seus servos e servas. Ao sermos por Ele capacitados e termos recebido a comissão (Mateus 28.18; Atos 1.8), de cada crente é esperado fidelidade, presteza, dedicação, devoção e decisão de pagar o preço para cumpri-la. Ser participante da missão de Deus é uma tarefa que vale a pena viver e morrer por ela.
  •  O povo de Deus é a sua única agência missionária – A estreita relação de ser povo de Deus e ser enviado por Jesus nos moldes de sua própria missão (João 17.18) é vista como insubstituível, pois não existe nenhuma Evangelização e Missão, ou seja, a Missão de Evangelizar outra igreja senão a Igreja enviada ao mundo e não há outra missão a não ser a da Igreja de Cristo.


GONÇALVES, Marcelo. Teologia e História da Missão. Unicesumar, 2016.

segunda-feira, junho 26, 2017

Pelo Vale


Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam.
Salmos 23:4

   Deus em sua palavra, nos fala a respeito do Vale, nos fala a respeito de deserto, e tudo isso nos leva a pensar em dor, aflições. Poderíamos pensar que Deus deveria nos livrar dessas situações, afinal Ele é um Deus bom e misericordioso.
   Deus é tão bom, que não nos deixa passar sozinhos pelas dificuldades dessa vida, Ele promete estar conosco em todos os momentos, Ele não nos livra de algumas situações, mas permanece conosco durante cada uma delas.
   Se você tem vivido algum momento difícil, eu te convido a lançar sobre o Senhor toda a sua ansiedade, toda a sua dor, e saiba que você não esta sozinho nesta luta.
   Deus é tão bom, que não nos deixa passar sozinhos pelas dificuldades dessa vida, Ele promete estar conosco em todos os momentos, Ele não nos livra de algumas situações, mas permanece conosco durante cada uma delas.   Se você tem vivido algum momento difícil, eu te convido a lançar sobre o Senhor toda a sua ansiedade, toda a sua dor, e saiba que você não esta sozinho nesta luta.